UXDE dot Net Wordpress Themes

Ainda sobre os Óscares… e gestão de crise

Por em

A 89ª edição da cerimónia de entrega dos Óscares pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ficará para sempre marcada pela troca do envelope com o nome do vencedor para Melhor Filme. Não tanto pela troca mas pela “confusão” gerada, pela demora em reparar o erro e, principalmente, pela forma como foi “corrigido”. Um clássico caso de falha na gestão de crise… porque uma crise é para ser gerida antes de acontecer!

Um plano de gestão de crise deve ter em consideração todos, ou pelo menos quase todos os cenários possíveis, tudo o que pode correr mal em determinada circunstância. No evento de entrega dos Óscares especificamente, além de todos os antes, durante e depois possíveis, o anúncio dos vencedores deverá (ou já deveria) ter um plano de ação exclusivo para evitar este tipo de erros. Eis algumas ideias de como evitar um #EnvelopeGate (de nada Hollywood)!

  1. Como refere a Tânia Espinheira neste texto, uma das formas de evitar os erros de leitura dos cartões dos vencedores passava por alterar o tamanho e a disposição do texto. O cartão com o vencedor do prémio tem, atualmente, o nome do vencedor e o título do filme com o mesmo tamanho e o mesmo tipo de letra. Esta “pequena” alteração alertaria imediatamente quem o estivesse a ler.

  1. Utilizar diferentes cores nos envelopes dos diferentes prémios. Uma cor diferente para cada um dos prémios a atribuir a cada uma das categorias seria também uma forma de diferenciar os prémios, os vencedores e, mais uma vez, um alerta para quem entrega o envelope, quem o recebe e até para quem assiste.

  1. Os dois consultores da Pwc que estão responsáveis pela entrega dos envelopes aos apresentadores deviam saber de antemão, mesmo que poucas horas antes, quais os vencedores em cada categoria para que, ao estarem atentos a cada anúncio em palco, detetassem a falha assim que ela ocorresse.

  1. Após a falha detetada, caberia a um desses consultores anunciar o erro em palco, ou transmiti-lo ao apresentador oficial do evento para que este o pudesse anunciar rapidamente, e seria pedido aos “falsos” vencedores para se retirarem do palco.

  1. Depois do pedido de desculpas oficial, aos “falsos” vencedores, aos presentes e aos espetadores, o “verdadeiro” vencedor seria anunciado com o destaque e respeito merecido e não no meio de uma confusão em palco.
Resultado de imagem para Envelope Gate

@Sara MartinhoSenior Communication Consultant

Related Posts

About the Author

avatar

A Guess What é atualmente uma das mais inovadoras e criativas agências de comunicação e ativação mediática presente no mercado português. Disponibilizamos soluções holísticas de Relações Públicas, Assessoria de Imprensa, Gestão da Reputação, Eventos, Digital Engagement e Buzz Marketing.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>